Entertainment

Filho adotivo de Carol Nakamura volta para mãe biológica: “Vontade dele”

Quem acompanha Carol Nakamura e o marido, Guilherme Leonel, tem notado a ausência de Wallace, filho adotivo do casal, em suas redes sociais. Contudo, nesta terça-feira (31), o assunto foi esclarecido: o menino, de 12 anos, voltou para a mãe biológica. Entretanto, a decisão foi por vontade própria, conforme noticiado por eles.

Foto: Instagram @euguileonel

LEIA MAIS:

Carol foi a primeira a revelar o assunto. No story do Instagram, ela desabafou que, após 3 anos com a criança, a decisão foi triste e sofrida, entretanto, precisou respeitá-lo, mas sente muita falta.

“Sempre foi muito amado e ele tem consciência disso. Ele tem uma mãe biológica. Uma criança que cresce sem regra, é muito difícil”, iniciou a dançarina.

Segundo ela, o menino estava descumprindo as ordens do casal e faltando na escola. “Tive que respeitar a vontade dele. Wallace estava safado. Ele já tinha entendido que eu não tinha a guarda dele [processo interrompido devido à pandemia]. Se a gente brigasse ou colocasse de castigo, ou chamasse a atenção, ele queria ir para a casa da mãe. E se a mãe fizesse o mesmo, ele vinha para cá”, revelou.

Desabafo de Guilherme Leonel

Guilherme, então, também se pronunciou. No Instagram, ele compartilhou uma imagem da criança seguida de um texto emocionante. No desabafo, ele também comentou as dificuldades na criação do filho adotivo.

Confira o texto na íntegra

Meu sonho era vê-lo voando na vida!
Eu sempre afirmei: esse molque chega aonde ele quiser. Com a malandragem de vida, a inteligência que tem e todo suporte que damos, ele vai voa!
Mas nem sempre as coisas saem como a gente quer, e não temos controle sobre as vontades alheias. E infelizmente a vontade dele foi partir, voltar para a casa da mãe biológica.
E por mais doloroso que seja para nós, temos de entender e respeitar. Afinal, não sei como reagiria se estivesse na pele dele.
Você viver em um mundo completamente avesso aquele que vivia, aonde existem regras, horários, compromissos, obrigações… Tudo isso, depois de viver 9 anos, sem se quer conhecer nenhuma das palavras mencionadas acima. Sem saber ler, escrever…
Mas, o que prezamos é a felicidade dele, mesmo sabendo que dificilmente terá um futuro.
Porém, oramos e pedimos com muita fé a Deus, para que ele se encontre e seja um bom menino, dedicado, estudioso, esforçado… e carregue consigo os ensinamentos que passamos todos os dias que tivemos juntos.
Para todos que perguntam incessantemente, esta é a verdade, a triste verdade, da qual não temos nenhum prazer em contar, pois nos machuca, não esperávamos que fosse desta forma.
Logo, pedimos respeito a dor do próximo, pois se vocês se preocupam e sentem saudades, imagine a gente? Que desenhou toda uma história juntos, abdicamos de muitas coisas para dar o melhor a ele.
Jamais imaginaríamos que fosse desta forma, mas foi, e estamos superando.”

Curtiu esta matéria? Leia mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

 



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close