Entertainment

Marina Ruy Barbosa chora com desabafo de Luísa Sonza sobre saúde mental

Neste sábado (14 de maio) Marina Ruy Barbosa fez uma publicação no Twitter desabafando sobre saúde mental. Ela viu o desabafo que Luísa Sonza  fez no “Saia Justa“, programa do GNT, lembrando da época que ela estava sofrendo ataques do público e isso afetou profundamente sua saúde mental, com crises de pânico. A cantora disse que hoje tem trauma até da vibração do celular, já que era onde encontrava muito ódio.

Marina Ruy Barbosa chora com desabafo de Luísa Sonza sobre saúde mental
Foto: GNT

Leia Mais:

A atriz Marina Ruy Barbosa sabe bem o que é passar por isso. Afinal, ela já viu o lado negativo da fama. A fim de mostrar a realidade, a ruiva compartilhou o vídeo e fez seu próprio desabafo. Eventualmente, ela disse que até chorou com o que ouviu de Luísa Sonza.

Marina Ruy Barbosa fala da importância da saúde mental:

Escutem. Assistam. Fofoca é fofoca. Pânico não é brincadeira. Internet não é tribunal. Vocês não sabem as dores que cada um passa e suas verdades. ACHAM que sabem da vida das pessoas mas NÃO sabem. Sabem trechos, muitas vezes distorcidos e tirados de contexto por clique e audiência“, começou ela.

“Hoje fui na terapia… E sério… Vocês não sabem (ou alguns até sabem e fazem de propósito né 🙃) o estrago na saúde mental que as vezes a internet/mídia pode fazer. Tipo, nada simplesmente passa. Deixa cicatriz”, revelou.

A atriz aconselhou ao público a não ser propagador de ódio e causar sentimentos ruins nos artistas.

“Saúde mental é assunto sério. Não seja o causador da perda de saúde de alguém. Não seja esse tipo de ser de ódio. Dê amor pra quem você gosta. Se não gosta de x, y e z, apenas ignore. Não perca tempo querendo entristecer ou atacar alguém que você não gosta“, aconselhou.

Para Marina, os ídolos estão cada vez mais se distanciando, com medo de ataques.

Vocês vão criar uma geração de ídolos e pessoas da mídia cada vez mais distantes, superficiais e com medo disso tudo. Medo do ódio. Uma geração que muitas vezes vai se afastar de tudo por sobrevivência“.

Ela completa:

Eu tô falando isso porque hoje na terapia retomei vários assuntos de gatilhos… E aí vi esse vídeo da Luísa e chorei. Porque sei que é pesadíssimo. E acho muito injusto como brincam com as vidas de algumas pessoas. De uma forma irresponsável“.

Essa é para, no mínimo, refletir… Não é mesmo?

 



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close