Entertainment

Mundo Positivo » Aparição de Taylor Swift na Saga Crepúsculo foi vetada; veja porquê

Atualmente, Taylor Swift é uma das cantoras mais populares do mundo. Dona de hits inesquecíveis, a popstar também faz sucesso por sua inconfundível personalidade. Muitos fãs não sabem, mas durante os anos 2000, ela quase foi escalada na Saga Crepúsculo! No entanto, sua participação acabou sendo vetada.

Embora seja mais conhecida por sua carreira musical, Taylor Swift também conta com alguns projetos no cinema. A atriz está em filmes como Idas e Vindas do Amor, O Lorax – Em Busca da Trúfula Perdida e O Doador de Memórias.

Mais recentemente, Taylor Swift interpretou Bombalurina no musical Cats. Além disso, a atriz está confirmada no elenco de Amsterdam, um filme de mistério que deve chegar aos cinemas ainda em 2022.

Explicamos abaixo porque a participação de Taylor Swift na saga Crepúsculo foi cancelada; confira.

Aparição de Taylor Swift na Saga Crepúsculo foi vetada; veja porquê - 2

Fã de Crepúsculo, Taylor Swift quase apareceu na Saga

Fãs de Taylor Swift sabem que a cantora é uma grande admiradora dos livros e filmes da Saga Crepúsculo.

Durante a produção de Lua Nova – o segundo filme da saga, que chegou aos cinemas em 2009 – Swift manifestou o desejo de participar da franquia.

Em uma entrevista a um podcast de Crepúsculo, Chris Weitz (o diretor de Lua Nova), revelou porque decidiu não escalar a cantora no projeto.

Segundo Weitz, a presença de Taylor Swift poderia representar uma “distração” à trama do filme. O cineasta também admitiu desconhecer o apreço da cantora à história de Stephenie Meyer.

Na época, Chris Weitz e Taylor Swift compartilhavam o mesmo agente. Foi ele quem tentou intermediar a participação da cantora na Saga Crepúsculo.

“Ele me disse que a Taylor gostaria de participar desse filme, não por minha causa, mas porque ela era uma grande fã de Crepúsculo”, comentou o diretor.

Segundo o agente, Taylor Swift aceitaria atuar em qualquer papel – desde uma simples figuração até uma posição mais importante.

“Para mim, foi muito difícil dizer que, se a Taylor Swift aparecesse no filme, o público não conseguiria processar nada por uns 5 minutos”, afirmou o cineasta.

Na entrevista, Weitz também afirmou ter se arrependido da decisão. Afinal de contas, se tivesse escalado Taylor Swift em Lua Nova, poderia ter passado um bom tempo com a cantora.

Atualmente, Taylor Swift planeja ser indicada ao Oscar pelo curta-metragem “All Too Well: The Short Film”.

Lançado em 2021, o curta traz Sadie Sink – a Max de Stranger Things – e Dylan O’Brien (Teen Wolf) como os personagens principais.

Elogiado por público e crítica, o clipe tem tudo para ser lembrado na categoria de Melhor Curta-Metragem da premiação da Academia.

No Brasil, os filmes de Crepúsculo podem ser assistidos em serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video, HBO Max e Globoplay.

Fonte: Observatório do Cinema

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.