Entertainment

Mundo Positivo » Aprimora é selecionada para promover a educação em escolas públicas de Pernambuco

Programa ImpulsiONar tem como financiadores Fundação Lemann, Imaginable Futures, BID Lab, e como parceiros técnicos Quintessa e Instituto Reúna

A solução tecnológica Aprimora, uma plataforma adaptativa e gamificada desenvolvida pelo Educacional – Ecossistema de Tecnologia e Inovação, foi selecionada para participar do Programa ImpulsiONar, que tem por objetivo promover a educação e a equidade na aprendizagem entre estudantes de instituições públicas. A participação do Aprimora no programa que conecta redes de educação, organizações de apoio e edtechs se dá após a área de negócios da Positivo Tecnologia voltada a educação vencer um edital nas cidades de Igarassu, no Grande de Recife, e Cabrobó, no sertão de Pernambuco, e tem como próxima etapa a sua implementação em escolas locais.

foto/ divulgação Educacional

A primeira edição do ImpulsiOnar tem sido elaborada de acordo com as necessidades das instituições atendidas e conta com grande suporte da Fundação Lemann, Imaginable Futures e BID Lab, que são financiadores do programa, além do Quintessa e Instituto Reúna, seus parceiros técnicos que apoiaram as secretarias de educação participantes na seleção de edtechs com soluções para o ensino de Língua Portuguesa e Matemática.

“É um orgulho para o Educacional saber que o Aprimora foi selecionado pelas redes das cidades de Cabrobó e Igarassú no âmbito do ImpulsiONar e que as escolas já estão se preparando para receber as soluções. Junto com os demais parceiros, vamos auxiliar na apropriação dos estudantes ao Aprimora, além de acompanhar suas evoluções individuais a partir de agora”, diz Regina Silva, diretora pedagógica do Educacional – Ecossistema de Tecnologia e Inovação. O Aprimora é uma plataforma adaptativa e gamificada que respeita as diferenças de cada aluno e apoia os professores em sala de aula. Por meio de um aprendizado totalmente personalizado, cada estudante segue seu ritmo, tempo e forma de aprender Matemática e Língua Portuguesa a partir de desafios envolventes que funcionam como combustíveis educacionais que tornam o ensino mais divertido e dinâmico.

“Tivemos visitas técnicas nas escolas piloto, formações com os professores de matemática, língua portuguesa e dupla gestora com as equipes do Cenpec, Quintessa e Aprimora. A rede, como um todo, está ansiosa com a chegada do programa na fase de implementação, e foi nítido esse sentimento nos momentos de acolhida e recepção da equipe”, explica Natália Souza de Andrade Torres, coordenadora Municipal do Programa Impulsionar em Cabrobó.

foto/ divulgação Educacional

O programa também foi bem recebido em Igarassu, como relata a diretora de Ensino e representante do ImpulsiONar, Monica Dias do Nascimento. “A utilização da tecnologia é um passo muito importante no processo de ensino e aprendizagem, especialmente quando pensamos tanto na possibilidade de ampliar o conhecimento dos nossos alunos sobre os componentes curriculares e viabilizar uma ampliação do acesso e da qualificação do uso dessa tecnologia”, explica.

Marco Legal

Além de proporcionar a inclusão de soluções inovadoras em instituições públicas, o programa marca uma inovação para o setor público. Isso porque os gestores públicos se ampararam em modalidades jurídicas que permitem um processo de teste de soluções a partir do Marco Legal das Startups e modelo de chamadas públicas como o PitchGov, ampliando o diálogo entre os setores. Segundo o Quintessa, essa é a primeira vez que a modalidade do Marco Legal das Startups foi utilizada por secretarias municipais de educação.

O funcionamento do ImpulsiONar 

Criado com o apoio de financiadores que acreditam no propósito da iniciativa, os municípios participantes, com apoio do programa, abriu editais no fim do ano passado para selecionar edtechs que pudessem apoiar as secretarias e escolas com suas soluções. Após um período de avaliação técnica e apresentação dos projetos inscritos, cada município selecionou as edtechs participantes, que receberão suporte especializado de uma assessoria jurídica para processos de compra pública, além de consultoria de mensuração de resultados para comprovação da eficácia das suas soluções. Além disso, as edtechs participantes contarão com apoio financeiro de R100 mil para implementar a solução nas escolas do programa, e serão auxiliadas pelo Quintessa, aceleradora de impacto que é referência no Brasil que fará diagnósticos individuais dos negócios para identificar os desafios.  A partir de janeiro de 2023, os resultados do programa serão sistematizados e haverá uma avaliação da oportunidade de expansão e multiplicação do seu alcance, na intenção de suportar o ganho de escala das edtechs dentro das secretarias municipais de educação.
Para mais informações, acesse as landing pages do Aprimora e do Programa ImpulsiONar.

Sobre o Educacional – Ecossistema de Tecnologia e Inovação – reúne soluções de apoio à aprendizagem em modelo disruptivo de negócio, com soluções como suítes pedagógicas e de hardware voltadas para aprendizagem de Língua Portuguesa, Matemática e STEAM (acrônimo em inglês para Artes, Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). Área de negócios dedicada à educação da Positivo Tecnologia S.A., conecta pais, alunos, escolas, edtechs, editoras, empresas nacionais e internacionais em ecossistema único. Veja mais no site do Educacional.

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close