Entertainment

Mundo Positivo » MC Dricka volta às raízes e inaugura 2022 com funk de fluxo

MC Dricka – ou Rainha dos Fluxos, como é conhecida pelo público do funk – lança nesta sexta (25) sua nova faixa “Quem Tu Gosta Que Bota Em Mim”, com produção de DJ Deivão e DJ Dozabri. Já disponível nas plataformas digitais pela Som Livre – ouça aqui – a música é um “mandelão”, funk com sonoridade típica dos bailes de comunidade (fluxos) de São Paulo, território que Dricka conhece bem e no qual é também bastante reconhecida. A letra provoca os desafetos da MC, que tem inveja dela por sua aparência e sua habilidade em ficar com quem suas inimigas cobiçam.

Mesmo antes do lançamento oficial, a prévia da faixa já contava com mais de 10 milhões de visualizações nas redes sociais de MC Dricka e mais de 700 vídeos criados pelo público usando o áudio da música, demonstrando o potencial de viralização da nova aposta da MC.

Desde sua chegada à Som Livre, MC Dricka lançou também as faixas de mandelão “Bunda No Calcanhar”, “Gadinho de Faz Tempo” e “Não Sei Se Me Odeia Ou Se Me Adora”, além de sua empreitada no Trap com “Ele Me Faz”, em parceria com MC Hariel, “Mandrake”, com Yunk Vino, “After Crazy”, com Jovem Dex e “Porque Elas Te Preferem”, com Filipe Ret.

“Quem Tu Gosta Que Bota Em Mim” – MC Dricka

Lançamento Som Livre – 25 de fevereiro/2022

Sobre MC Dricka

Fernanda Andrielli Nascimento dos Santos, mais conhecida como MC Dricka, é uma das mais novas e representativas vozes do funk. A jovem cantora de São Paulo, que em pouco tempo já marca seu nome no mundo da música, conta com uma carreira de ascensão rápida, sólida e um currículo consistente. Surgindo no funk como uma explosão, a artista marca seu nome no movimento da música brasileira com apenas 22 anos e diversos lançamentos, que somam cerca de 200 milhões de visualizações em seu canal no YouTube e uma média de 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify.

Mulher preta, periférica e declarada LGBTQIA+, a paulista é conhecida como Rainha dos Fluxos, já teve uma de suas músicas nos stories da rapper Cardi B e atualmente representa um dos nomes mais promissores do funk no Brasil. Com músicas com mensagens afiadas, letras diretas e elevando a autoestima das mulheres, MC Dricka segue derrubando barreiras ao promover a igualdade social, racial e de gênero e hoje ocupa o posto de uma das vozes mais empoderadoras do meio. Dentre seus maiores sucessos estão “Empurra Empurra”, “38 Carregado”, “Vai Fazer Carão”, “Bate Bate”, “Pretinha do Peitin e do Bundão”, “Me Olha e Me Respeita”, além de “Nós Tem Um Charme Que É Dahora”, que acumula cerca de 40 milhões de streams e se aproxima da marca de 100 milhões de views no YouTube

De São Paulo para o mundo, MC Dricka vem crescendo na música brasileira e levando sua arte para diversos cantos do país, por meio de suas apresentações presenciais – que sempre tiveram lotação máxima nas casas de shows – e de sua presença na mídia online, considerando que já são quase 3 milhões de seguidores no Instagram. No Brasil, já passou por mais de 10 capitais, com destaque para uma mega apresentação em Brasília, para mais de 10 mil pessoas.

Em 2021, MC Dricka concorreu ao BET Awards na categoria “Artista Revelação Internacional”, representando o Brasil como a única mulher indicada. Em seguida, teve sua foto estampada na Times Square, em New York, em ação do Spotify para promover a igualdade de gênero na indústria musical. Empresariada pela GR6, MC Dricka ostenta entre suas parcerias nomes como Marcelo D2, Tropkillaz, Gaab, Mateus Carrilho, Rennan da Penha e MC Cabelinho. Em agosto deste ano, MC Dricka deu mais um importante passo na sua carreira ao assinar com a Som Livre e passa a integrar o time de música urbana da casa.

Fonte: Observatório de Música

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close