Entertainment

Mundo Positivo » Mulher-Hulk: Explicamos por que Homem-Aranha foi barrado da série

O primeiro episódio de Mulher-Hulk: Defensora de Heróis já está disponível no Disney+. Criativa e dinâmica, a série traz um tom bem mais cômico às produções do MCU – ancorado por uma ótima performance de Tatiana Maslany. Muitos fãs não sabem, mas o Homem-Aranha quase apareceu na trama! Mas afinal: por que sua participação foi barrada?

Mulher-Hulk: Defensora de Heróis acompanha a história de Jennifer Walters, uma advogada, solteira, na casa dos 30 anos, cujo maior desejo é ser bem-sucedida em sua profissão. Mas há um ‘pequeno’ detalhe: ela é parente de Bruce Banner, também conhecido como o Incrível Hulk”, afirma a sinopse oficial de Mulher-Hulk no Disney+.

Junto com Tatiana Maslany (Orphan Black), o elenco de She-Hulk conta também com Mark Ruffalo (Vingadores: Ultimato), Tim Roth (O Incrível Hulk), Ginger Gonzaga (Space Force), Renée Elise Goldsberry (Hamilton) e Jameela Jamil (Legendary).

Mostramos abaixo por que o Peter Parker de Tom Holland não pôde aparecer nos episódios de Mulher-Hulk; confira.

Mulher-Hulk: Explicamos por que Homem-Aranha foi barrado da série - 2

Homem-Aranha ficou de fora de Mulher-Hulk por razão importante

Dirigido por Kat Coiro e escrito por Jessica Gao, o primeiro episódio de Mulher-Hulk (com cerca de 30 minutos de duração), ganhou o título de “A Normal Amount of Rage” (Uma Quantidade Normal de Raiva).

A nova série estreou no Disney+ em 18 de agosto de 2022. Como de costume, os próximos capítulos serão exibidos semanalmente. Com isso, a série deve lançar seu episódio final em 13 de outubro.

Em uma entrevista recente, a showrunner Jessica Gao revelou porque não pôde incluir o Homem-Aranha na trama da série.

Segundo a produtora, a ausência de Peter Parker – e de outros personagens da Marvel – está relacionada a direitos autorais.

“Nós queríamos trazer vários personagens das HQs para situações divertidas, nas quais poderíamos inventar motivos engraçados para eles se envolverem em problemas legais. Mas por uma questão de direitos autorais, não tivemos a possibilidade de usar algumas figuras dos quadrinhos”, comentou a roteirista.

Além disso, Gao revelou que, devido aos planos da Disney para o futuro do MCU, outros personagens também foram “barrados” na série.

“Eles só diziam que tinham outros planos. É isso. E aí, nós tentamos cutucar para descobrir mais informações. Mas, é claro, eles não revelaram nada”, afirmou a showrunner.

Durante a entrevista, Jessica Gao também revelou que o time de roteiristas de Mulher-Hulk é repleto de fãs do Homem-Aranha.

“Então, a ausência dele não foi decepcionante apenas para os fãs, mas também para os criadores”, concluiu a roteirista.

Ao todo, a 1ª temporada de Mulher-Hulk terá 9 episódios. Fãs da Marvel podem esperar por grandes surpresas nos próximos capítulos.

Você já pode conferir o primeiro episódio de Mulher-Hulk no Disney+. Clique aqui para assinar a plataforma e assistir todas as produções da Marvel.

Fonte: Observatório do Cinema

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.