Sports

Papo Preto #67: ‘Todo artista tem que se posicionar’, diz artivista de PE – 26/02/2022

Neste episódio de Papo Preto, Yago Rodrigues e a cinegrafista Débora Oliveira conversam com a artivista Ianah Maia, que é pernambucana e vem se mobilizando contra a possível instalação de uma usina nuclear na região de Itacuruba, no sertão do seu Estado.

Ianah explica que dá-se o nome de “artivismo” à união do ativismo com a arte, como forma de se posicionar sobre temas sociais e políticos. Para ela, todo artista reflete, de alguma forma em suas obras, o seu modo de pensar. “A política é feita por uma coletividade, quando você se posiciona está contribuindo para a sociedade, é um dever do ofício” (a partir de 3:28 do arquivo acima).

A artivista diz que a consciência sobre a questão da nossa coexistência com outros seres no mesmo planeta tem de vir de várias áreas, e não só das artes. “É algo urgente e que devemos cobrar dos grandes poderosos, os mais poluentes, os que mais destroem, são os que mais têm dinheiro e poder”, diz ela a partir de 20:09 do arquivo acima.

“O planeta vai continuar aí, o que está em risco é a vida. E ainda mais as vidas dos vulneráveis, as que têm menos dinheiro e menos bolhas para se proteger, que não conseguem construir um foguete para fugir do planeta.”

Papo Preto é um podcast produzido pelo Alma Preta, uma agência de jornalismo com temáticas sociais, em parceria com o UOL Plural, um projeto colaborativo entre o UOL, coletivos e veículos independentes. Novos episódios vão ao ar todas as quartas-feiras.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Você pode ouvir Papo Preto no canal do UOL no YouTube e nas plataformas de podcast Spotify, Google Podcast, Deezer, Apple Podcast e CastBox.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.