Sports

Papo Preto #78: Thiago Jamelão conta como a música deu sentido à sua vida – 14/05/2022

Thiago Jamelão está envolvido com a música desde a sua infância. Começou a tocar guitarra na igreja e depois teve a oportunidade de tocar com grupos de pagode, axé, sertanejo e até jazz antes de chegar ao rock. Nascido na periferia de Goiânia, ele conta, neste episódio de Papo Preto, como a música foi fundamental para dar um rumo à sua vida.

“De alguns anos para cá venho fazendo uma reflexão constante da minha vida. Até os 20 anos de idade eu achava que ia morrer ali, para mim a vida acabaria nos 20. Até um certo momento eu vivi sem expectativa nenhuma, a não ser na expectativa diária de pensar que tinha que conseguir comida para levar para casa, expectativa da sobrevivência” (a partir de 10:49 do arquivo acima).

Ele diz que quando compreendeu que o sentido da vida era para frente, percebeu que precisava viver. “Entendi que eu era dono dessa missão também, precisava me responsabilizar e correr atrás mesmo no meio de todo inferno”, diz. “Quando a gente faz esse trajeto envolvido em tanta tristeza não consegue perceber a beleza do caminho. A música me salvou” (a partir de 12h50 do arquivo acima).

Nesse momento, o músico diz que renasceu e tomou posse de sua vida. Muito deste sentimento ele colocou nas músicas do EP ‘Sóis’, lançado no último dia 5 de maio, com a parceria do Emicida e participação da Drika Barbosa.

Papo Preto é um podcast produzido pelo Alma Preta, uma agência de jornalismo com temáticas sociais, em parceria com o UOL Plural, um projeto colaborativo entre o UOL, coletivos e veículos independentes. Novos episódios vão ao ar todas as quartas-feiras.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Você pode ouvir Papo Preto no canal do UOL no YouTube e nas plataformas de podcast Spotify, Google Podcast, Deezer, Apple Podcast e CastBox.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close