Entertainment

“Relacionado ao Rouge, tudo pode acontecer”, revela Karin Hils

No fim de março, o Rouge, primeiro girlgroup pop do Brasil, completou 20 anos de existência! Para comemorar a data, a cantora, atriz e ex-integrante Karin Hils compartilhou um registro inédito das meninas cantando a faixa “Dona da Minha Vida; mas só parte dela. Em entrevista para o Portal POPline, ao ser questionada sobre a possibilidade de um dia os fãs terem acesso ao material completo, ela disse: “Eu acho que relacionado ao Rouge, tudo pode acontecer.”

Leia mais:

O Rouge é um amor de domínio público, sabe? A sensação que eu tenho é que a gente mal tem controle das coisas, e justamente procura ter“, explica Karin.

De fato, outras integrantes do grupo já falaram sobre essa dificuldade em momentos diferentes, sobre decidir coisas relacionadas ao Rouge. Para os fãs, tanta burocracia assim é um grande empecilho para o lançamento de projetos comemorativos.

Foto: Dona Isa (divulgação)

Porém, no que diz respeito a um reencontro do grupo, a intérprete de Donna Summer no musical homônimo, em cartaz em São Paulo até 19 de junho, não faz rodeios: “se for online, a possibilidade é melhor, porque tá cada uma literalmente no seu quadrado“.

Se for online, a possibilidade não é remota“, pontua Karin Hils, aos risos!

Como diz um dos maiores sucessos do grupo, “nunca deixe de sonhar“!

“A gente tentou fazer o Rouge crescer”

Quando compartilhou o vídeo de “Dona da Minha Vida“, Karin também publicou um texto emocionado sobre a gravação e outros pontos envolvendo o Rouge. Ela revelou que a gravação aconteceu durante uma vídeo-chamada no início da pandemia, quando as meninas tinham a ideia de apresentar uma live (que infelizmente acabou não acontecendo).

Leonardo Torres: E quando fãs são tóxicos?
(Foto: Divulgação)

No dia da reunião a gente mal se falou entre a gente só ouvimos praticamente, o plano dos outros“, escreveu Karin. Ela então continua e explica que o grupo não estava em sintonia. “Tava um climão danado! Varias pontas soltas que precisam ser resolvidas entre nós antes daquela reunião, foi o que eu senti. Tanto que “morreu” nesse vídeo, nada foi para frente mais uma vez“, desabafou.

Num breve retrospecto, a cantora e atriz pontuou que tanto ela quanto as outras meninas tinham o desejo de levar o Rouge pra frente, mas que as coisas não deram certo por influência de pessoas acima delas. “A gente tentou fazer o Rouge crescer, crescer com a gente, mas não deu. Ninguém deixou, era mais forte que a gente. Todo sistema era mais forte que a gente“, disse.

Na opinião de Karin, o motivo do girl group ter resistido mesmo com todas as dificuldades foi a união das integrantes. “Até que durou nossa história, acho que porque entre outras coisas acima de tudo a gente amava. E dava um prazer enorme abrir voz, harmonizar com vocês. Com cada uma de vocês“, enfatizou.

Por fim, a artista declarou seu amor pelas ex-parceiras: “Vocês fazem parte da minha vida para sempre“.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close