Sports

Vinicius Jr. venceu o ódio

Neguebinha”, “Nem deve chegar a jogar no Real Madrid“, “O Real pagou isso aqui porque a Globo mostra jogos do Flamengo”. Esses foram alguns dos comentários quando o Real Madrid decidiu pagar 45 milhões de euros ao Flamengo por Vinicius Jr aos 16 anos. Era de fato um valor inusitado por um atacante tão jovem e, como reação, houve uma onda no Brasil para tentar ridiculariza-lo.

Cinco anos depois, Vinicius Jr. faz o gol do Real Madrid para a conquista da Champions League. Um lance que está longe de ser isolado: foi o escudeiro fiel de Benzema durante a campanha continental, dono de passes, dribles e gols que proporcionaram o desequilíbrio em favor do Real.

A contratação do Real baseava-se em um desempenho impressionante nas divisões de base. Havia uma capacidade técnica acima da média, um número de gols altos, um rendimento muito além da sua idade. Era monitorado pelo mundo todo do futebol acompanha estatística e tem olheiros. Tanto que ficou por Barcelona ou Real Madrid.

Sua estreia no Flamengo mostrava um jogador já capaz de se adaptar ao ambiente hostil profissional em pouco tempo. Tanto que seu impacto no Flamengo de 2018 foi significativo antes de deixar o time para se transferir em definitivo para o Real Madrid.

A partir daí, sua adaptação na Espanha foi cercada de ironias no Brasil. O início no Real de Castilla gerava a aposta de que talvez nunca jogasse pelo Real. Vídeos de falhas no time B do Real eram festejados em redes sociais.

Era normal o período de adaptação à Europa para alguém tão jovem. Vinicius Jr, obviamente, tinha fragilidades, como a forma afobada para definir jogadas, a conclusão a gol. Sua evolução, no entanto, foi constante. Do Real Castilla ao Real Madrid, da reserva a titular, de titular a decisivo.

Na atual temporada, foi peça-chave no título espanhol, em jogos decisivos como a semi diante do Manchester City. Não, Vinicius Jr não é o protagonista do Real. Benzema e Courtoius foram os principais jogadores da campanha, seguidos por Modric. Mas ele vem logo atrás. E isso em um time que superou rivais mais bem treinados e coletivamente superiores. A qualidade do Real Madrid, que obviamente é um time organizado, foi a individualidade.

Na sua história, Vinicius Jr superou a desconfiança, suas fragilidades, sua imaturidade, a adaptação a um ambiente hostil e até o ódio. Resta aos frustrados apagar ou esconder comentários antigos.

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close